Luta Livre e Radiojornalismo:

um silêncio preocupante

  • Carlos Cesar Domingos do Amaral
Palavras-chave: Esporte de entretenimento, Jornalismo esportivo, Luta Livre, Radiojornalismo, Telecatch

Resumo

A Luta Livre é um Esporte de Entretenimento presente por todo o mundo, no Brasil passou por anos de sucesso. Os tempos atuais mostram a mesma em busca de se tornar relevante aos meios de comunicação. Frente a isso, o presente artigo tem como seu objetivo principal analisar como tal pratica desportiva de entretenimento poderia ter exposição no rádio. A Metodologia empregada fez buscas em rádios e na internet em busca de conteúdos que liguem a Luta Livre com o Rádio, revisão bibliográfica e pesquisa documental foram outros métodos usados. Resultados apontam que as equipes nacionais existentes devem criar Assessorias de Comunicação para que assim voltem a ser notícia, senão pode ser o fim da Luta Livre no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Cesar Domingos do Amaral

Mestre em Comunicação na Universidade São Caetano do Sul – USCS. Jornalista pela Universidade de Uberaba (UNIUBE), Especialista em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte pela FMU Faculdades Metropolitanas Unidas. Autor dos livros: Luta Livre: Esporte de Entretenimento, WWE e Outras Plataformas; As Inovações da Luta Livre no Brasil (1950 até 2016); Luta Livre: TNA, ROH e Demais Ensaios.

Publicado
2019-01-07
Como Citar
Amaral, C. (2019). Luta Livre e Radiojornalismo:. Revista Alterjor, 19(1), 129-140. Recuperado de http://www.journals.usp.br/alterjor/article/view/149231