Nada será como antes?

as transformações no Jornal Nacional

  • Talita Lima Chechin Camacho Arrebola PUC/SP
Palavras-chave: jornal nacional, voz, presenca, telejornalismo

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar as estratégias hibridas de comunicação da voz e a presença dos jornalistas na apresentação do telejornal Jornal Nacional da Rede Globo mediante os processos de hibridização das linguagens, a partir das mudanças ocorridas em 27 de abril de 2015, em trechos relevantes nos quais se expuseram que relataram esses fenômenos. No entanto as alterações nos processos comunicacionais não promoveram modificações substanciais no plano discursivo do telejornal. Com as transformações na apresentação do Jornal Nacional, os profissionais passaram a valorizar a presença do corpo, além de, reinventar-se junto às tecnologias emergentes, mantendo ou refazendo o vínculo com seu público.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Talita Lima Chechin Camacho Arrebola, PUC/SP

Doutoranda em Comunicação e Semiótica na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP. Mestre em Comunicação e Semiótica na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP. Graduada em Comunicação Social - Jornalismo, pela Universidade Estadual de Londrina - UEL (2016) e em Educação Física pela Universidade Norte do Paraná (2007), Especialista em Metodologia do Ensino Superior (2008), pela Unopar, Especialista em Acupuntura (2012) pelo IBRATE - Londrina.

Publicado
2019-07-14
Como Citar
Arrebola, T. (2019). Nada será como antes?. Revista Alterjor, 20(2), 180-211. Recuperado de http://www.journals.usp.br/alterjor/article/view/158315