Comunicação organizacional

Uma ferramenta estratégica de compatibilização de interesses

Palavras-chave: Estratégias organizacionais, Comunicação integrada, Sistema comunicacional

Resumo

O objetivo deste artigo foi mostrar a importância do uso estratégico da comunicação organizacional, com foco no ambiente interno, e as visões atuais impulsionadas pelas possibilidades tecnológicas, avaliando como ela pode ser uma ferramenta para a compatibilização dos interesses dos empregados e da empresa. A metodologia adotada é de abordagem bibliográfica qualitativa. Concluiu-se que é mediante um olhar para os sujeitos como seres completos e imbuídos de uma cultura particular, considerando o respeito à diversidade de perspectivas, que se torna possível otimizar a resolução de problemas dentro das organizações e compatibilizar os interesses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edwaldo Costa, Universidade de São Paulo

Pós-Doutorando Departamento: Jornalismo e Editoração da USP. Doutor em Comunicação e Semiótica (PUC-SP).

Taise da Silva Oliveira, Marinha do Brasil

Pós-Graduada em Administração de Marketing e Comunicação Empresarial pela Universidade Veiga de Almeida e assessora de comunicação no Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil. E-mail: taise.oliveir@hotmail.com

Referências

ARGENTI, Paul A. Comunicação Empresarial: a construção da identidade, imagem e reputação. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

BUENO, W. C. Comunicação Empresarial: Teoria e pesquisa. São Paulo: Monole, 2003.

BUENO, D. A.; SILVA, M. R.; PORÉM, M. E. Comunicação Organizacional, Estratégica e Integrada em Micro e Pequenas Empresas: Estudo Exploratório Sobre Escolas de Idiomas Não-Franqueadas de Bauru/SP. I Congresso Internacional de Mídia e Tecnologia – Unesp, Bauru, Brasil, 04-06 out. 2017. p. 122-135.

CASTELLS, M. A sociedade em rede - a era da informação: economia, sociedade e cultura. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CHIAVENATO, I. Recursos Humanos. São Paulo: Atlas, 2002.

______. Introdução à Teoria Geral da Administração. Elsivier Brasil, 2004.

______. Comportamento Organizacional: A dinâmica do sucesso das organizações. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

KUNSCH, M. M. K. Planejamento de relações públicas na comunicação integrada. 2ª ed. São Paulo: Summus, 2002.

MOLENA, Airton. A Comunicação na gestão de projetos. PRODAM Tecnologia, 3ª ed., Ano 2, out./dez. 2009.

MOURÃO, I. Estratégia planejada de comunicação: um novo construto quando se considera a complexidade e a disputa de sentidos. XXXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, Manaus, 4-7 set. 2013.

MORGAN, G. Imagens da organização. São Paulo: Atlas, 1996.

PANTOJA, A.; et al. Os valores e as relações interpessoais no contexto organizacional. 2013. [online] Disponível em: Acesso em 02 fev. 2020.

RABAÇA, C. A; BARBOSA, G. Dicionário da Comunicação. São Paulo: Ática, 1987.

REIS, M. C.; MARCHIORI, M.; CASALI, A. M. A relação comunicação estratégia no contexto das práticas organizacionais. In MARCHIORI, M. (Org). Comunicação e Organização: reflexões, processos e práticas. São Caetano: Difusão Editora, 2010.

RIBEIRO. J. Comportamento Organizacional. 2008. [online] Disponível em: Acesso em 02 fev. 2020.

TORQUATO, G. Comunicação nas Organizações. São Paulo: Summus, 2015.
Publicado
2020-07-06
Como Citar
Costa, E., & Oliveira, T. (2020). Comunicação organizacional. Revista Alterjor, 22(2), 397-409. https://doi.org/10.11606/issn.2176-1507.v22i2p397-409