Coronavírus e interdição da mobilidade em tempos de crise

impactos da Covid-19 para os projetos migratórios de haitianos no Brasil

Palavras-chave: COVID 19, coronavírus, impactos sociais, imigração

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar os impactos da doença Covid 19 sobre os projetos migratórios de haitianos no Brasil, além de dialogar sobre a interdição da mobilidade durante a pandemia provocada pelo coronavírus. A análise está pautada em discussões teóricas da Antropologia e nos estudos contemporâneos sobre a mobilidade haitiana, bem como a partir das recomendações oficiais da Organização Mundial de Saúde. O material etnográfico que utilizamos neste artigo é uma amostra retirada da pesquisa que está em andamento, cujos dados foram levantados em campo pela autora para elaboração da Tese de doutoramento em Antropologia Social. Embora seja muito cedo para apresentar conclusões fechadas sobre a totalidade dos impactos que a pandemia de coronavírus e as atuais recomendações de interdição da mobilidade exerce sobre os projetos migratórios dos haitianos no Brasil, este artigo considera que houve descontinuidades e rupturas significativas nas trajetórias migratórias individuais dos haitianos e que reverberam sobre os projetos coletivos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sidney Antonio da Silva, Universidade Federal do Amazonas

Doutor em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (2002) com Pós-doutorado no Núcleo de Estudos Populacionais – NEPO/UNICAMP (2005-2006), Mestre em Integração da América Latina pela Universidade de São Paulo (1995), graduado em Filosofia pela Universidade Católica do Paraná (1980). Atualmente é professor do Departamento de Antropologia e do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Amazonas – UFAM.

Referências

COGO, Denise. Haitianos no Brasil: comunicação e interação em redes migratórias transnacionais.Chasqui N. 125, março 2014.

CORREIA, Ana Maria et al. Plano Nacional de Preparação e Resposta à Doença por novo coronavírus (COVID-19). Portugal: Direção geral de saúde, 2020.

DEL VECCHIO DE LIMA, Myrian; ROSENDO, Andrea; ÁVILA, Otávio Cezarini. Aspectos da representação dos imigrantes haitianos no Jornal Gazeta do Povo, de Curitiba/PR. In Texto (UFRGS. Online), p. 51, 2016.

Diário Oficial dos Municípios do Espírito Santo. Edição N. 1478 Vitória/ES, 2020.

G1, Bem Estar. Coronavírus, Covid 19, Sars-Cov-2 e mais: veja a explicação para 16 termos usados na pandemia. Por Carolina Dantas, 24/03/2020.

Lei N. 13.979, de 6 de Fevereiro de 2020. Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus responsável pelo surto de 2019.

MAGALHÃES, Luís Felipe Aires. A imigração Haitiana em Santa Catarina: perfil sociodemográfico do fluxo, contradições da inserção laboral e dependência de remessas no Haiti. Tese apresentada ao Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas, 2017. Supervisor/Orientador: Profa. Dra. Rosana Aparecida Baeninger.

Medida Provisória N. 926, de 20 de Março de 2020. Presidência da República

Secretaria-Geral Subchefia para Assuntos Jurídicos. Altera a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, para dispor sobre procedimentos para aquisição de bens, serviços e insumos destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus.

Ministério da Saúde. Protocolo de Tratamento do Novo Coronavírus (2019-nCoV). Org. VARGAS, Angela Ribeiro et al. Secretaria de Atenção Especializada à Saúde Departamento de Atenção Hospitalar, Urgência e Domiciliar: Brasília, 2020

Organização Mundial de Saúde. Gestão de viajantes doentes nos pontos de entrada - aeroportos, portos e travessias terrestres internacionais - no contexto do surto de COVID-19: diretrizes provisórias em 16 de fevereiro de 2020

Organização Mundial de Saúde. Prevenção e controle de infecções em instituições de longa permanência no contexto do COVID-19: diretrizes provisórias.: 21 de março de 2020

KRITSKI, Afrânio et al. Panorama da COVID-19. Nota Técnica de pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade de São Paulo (USP) e Universidade de Brasília (UnB), 25 de março 2020

ZELAYA, Silvia Cristina. Da invisibilidade ao protagonismo: uma etnografia em espaços de luta, participação e criação de políticas públicas para imigrantes e refugiados no Brasil. Tese (Doutorado) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Porto Alegre, BR-RS, 2017. Orientadora: Denise Fagundes Jardim.

Publicado
2020-06-17
Como Citar
Jordão, R., & Silva, S. (2020). Coronavírus e interdição da mobilidade em tempos de crise. Cadernos De Campo (São Paulo 1991), 29(supl), 75-84. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v29isuplp75-84
Seção
Artigos e Ensaios