Em tempos de pandemia, (des)oriente-se

breves considerações sobre cultura e alimentação na China

Autores

  • Lays Matias Mazoti Corrêa Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v29isuplp135-143

Palavras-chave:

Covid-19, Cultura, Alimentação, China, Orientalismo

Resumo

Diante da pandemia de Covid-19 que estamos vivendo, casos de racismo e xenofobia contra a população do leste asiático vieram à tona de forma mais significativa. Nesse sentido, este ensaio busca analisar algumas destas questões socioantropológicas presentes na atualidade. O texto se inicia a partir do problema da sopa de morcego a fim de evidenciar os pré-conceitos existentes no imaginário popular ocidental acerca dos hábitos alimentares na China. Para tanto, o Orientalismo é utilizado como chave teórica na abordagem sobre o engendramento histórico de discursos que criaram o corpo leste-asiático como inferior epidemiologicamente, isto é, a representação estereotipada que resultou na produção e reprodução de uma história única sobre os países e população que compõe essa região. Por fim, a partir desta abordagem, será possível compreender que os hábitos alimentares envolvem questões que extrapolam o simples ato de comer, se alimentar e/ou nutrir, pois também manifestam, implícita ou explicitamente, as relações de poder, neste caso, entre o Ocidente e o Oriente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lays Matias Mazoti Corrêa, Universidade Federal de Viçosa

Docente da área de Sociologia e Antropologia na Universidade Federal de Viçosa, campus de Rio Paranaíba-MG. Doutora em Ciências Sociais pela UNESP, campus de Marília-SP, mestre em História pela UNIOESTE, campus de Marechal Cândido Rondon e graduada em História pela UFMS, campus de Três Lagoas.

Referências

ADICHIE, Chimamanda. ―O Perigo da História Única. Tecnology, Entertainment and Design (TED Global), 2009. Disponível em: <https://www.ted.com/talks/chimamanda_adichie_the_

danger_of_a_single_story/transcript?language=pt>. Acesso em 29 abr. 2020.

CHANG-SHENG, Shu. Do grande salto para frente à grande fome: China de 1958-1962. Diálogos, 8(1), 2004.

LYNTERIS, Christos. Yellow Peril Epidemics: The Political Ontology of Degeneration and Emergence. In: BILLÉ, Franck; URBANSKY, Sören. Yellow Perils: China narratives in the contemporary world. University of Hawaii Press, 2018.

PERES, Thalita. Mulher borrifa álcool em jovem: “Você é o Coronavírus”. In: Revista Marie Claire. Notícias. 19/03/2020. Disponível em: <https://revistamarieclaire.globo.com/Noticias/

noticia/2020/03/mulher-borrifa-alcool-em-jovem-voce-e-o-coronavirus.html>. Acesso em 27 abr. 2020.

RODRIGUES, Matheus. Estudante diz ter sido chamada de ‘chinesa porca’ por idosa no metrô do Rio e registra queixa na polícia. In: G1. Rio de Janeiro, 04/02/2020. Disponível em <https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/02/04/estudante-diz-ter-sido-chamada-de-chinesa-porca-por-idosa-no-metro-do-rio-e-registra-ocorrencia.ghtml>. Acesso em 27 abr. 2020.

SAID, Edward W. Orientalismo: o Oriente como invenção do Ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

Downloads

Publicado

2020-08-11

Como Citar

Corrêa, L. M. M. (2020). Em tempos de pandemia, (des)oriente-se: breves considerações sobre cultura e alimentação na China. Cadernos De Campo (São Paulo 1991), 29(supl), 135-143. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v29isuplp135-143

Edição

Seção

Artigos e Ensaios