O extraordinário do rio São Francisco em meio às incertezas do Coronavírus

Autores

  • Pâmilla Vilas Boas Costa Ribeiro Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v29isuplp266-277

Palavras-chave:

vazanteiro, ribeirinhos, multiespécie

Resumo

A partir do trabalho de campo realizado entre os ribeirinhos do município de Ponto Chique, no norte de Minas Gerais, busca-se refletir sobre como as incertezas constituem um modo de ser ribeirinho e nos ajuda a pensar sobre esse momento em que vivemos em estado de suspensão pelo coronavírus. As dinâmicas das águas impõem um modo de estar no mundo cercado de ambiguidades e a presença do vírus torna-se mais um elemento que integra a rede de sociabilidade ribeirinha. Opondo-se a uma ideia de controle da natureza, Olímpio e seus companheiros de vazante respeitam a natureza de cada ser e nos ensinam a interagir e nos relacionar com as diferentes espécies que habitam os territórios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

DAWSEY, John C. (2005). “O teatro dos "bóias-frias": repensando a antropologia da performance.” Horizontes Antropológicos. vol.11, n.24. Porto Alegre, pp.15-34.

INGOLD, Tim. (2012) “Trazendo as coisas de volta à vida: emaranhados criativos num mundo de materiais”. Horizontes antropológicos, n.37, v.18. Porto Alegre, p. 25-44.

INGOLD, Tim. (2015). Estar vivo: ensaios sobre movimento, conhecimento e descrição. Petrópolis: Vozes.

MOL, Annemarie. (2002). The body multiple: ontology in medical practice. Londres: Duke University Press.

SCHECHNER, Richard. (2011). “Pontos de contato entre o pensamento antropológico e teatral”. Cadernos de campo, vol. 20, n.20. São Paulo, p.213-236.

SCHECHNER, Richard. (1987). “El Espacio”. In: El Teatro Ambientalista. Traducción: Alejandro Bracho. Cidade do México: Árbol Editorial.

SCHECHNER, Richard. Six Axioms for Environmental Theatre. The Drama Review: TDR, Vol. 12, No. 3, Architecture/Environment (Spring, 1968), pp.41-64.

SCHECHNER, Richard. (1994). Environmental theater. New York/London: Applause.

SEGATA, Jean: "A epidemia é muito maior do que a doença, que o número de casos" – Entrevista concedida ao jornalista Christian Bueller. Jornal Correio do Povo, Rio Grande do Sul, 17 de mai. de 2020.

SPARTZ, James. (2019). “Songwriting as Expression of Cultural Ecosystem Services”. Trabalho apresentado durante a conferência Waterlines: Confluence and Hope through Environmental Communication. Vancouver (Canada), 17 de junho de 2019.

TSING, Anna. (2019). Viver nas ruínas: paisagens multiespécies no Antropoceno. Brasília: IEB/Mil Folhas.

Downloads

Publicado

2020-09-11

Como Citar

Ribeiro, P. V. B. C. (2020). O extraordinário do rio São Francisco em meio às incertezas do Coronavírus. Cadernos De Campo (São Paulo 1991), 29(supl), 266-277. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v29isuplp266-277

Edição

Seção

Artigos e Ensaios