De xawara, estratégias nativas e a pesquisa antropológica na Terra Indígena Yanomami

Palavras-chave: Terra Indígena Yanomami, Covid-19, Pesquisa antropológica

Resumo

O objetivo deste relato é descrever os principais impactos da pandemia do novo corona vírus e o trabalho do (a) antropólogo (a) na Terra Indígena Yanomami. A identificação de uma continuidade histórica de ação estatal para eliminação dos povos indígenas toma forma na omissão de atividades ilegais como garimpo, desmatamento e precário acesso à saúde. A partir destes fatores adversos, diversas estratégias nativas contra epidemias e contágio são elaboradas desde deslocamentos para a mata e distante de zonas de proximidade com a população não-indígena. Essas estratégias visam o isolamento social em relação a áreas de maior contágio. Portanto, em frente a novo risco de genocídio aponta-se a necessidade da continuidade da pesquisa antropológica ainda que na impossibilidade de ingresso nas terras indígenas

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Sousa, Universidade Estadual de Campinas

Pesquisadora colaborada no centro de estudos rurais da unicamp. Interesse no campo dos estudos de demandas coletivas por terra.

Referências

ALBERT, Bruce. 1992. A fumaça do metal: História e representações do contato entre os Yanomami. Anuário Antropológico n°89, Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro.

ALBERT, Bruce & KOPENAWA, Davi. 2015. A queda do céu: Palavras de um xamã Yanomami. São Paulo: Companhia das Letras.

ALBERT, Bruce. 2020. Agora somos todos índios. Folha de São Paulo. Disponível em:

https://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2020/04/agora-somos-todos-indios.shtml. Acesso em: 15 de maio de 2020.

BRASIL, Kátia; COSTA, Emily. 2020. Coronavírus: Povo Yanomami irá questionar na Justiça enterro de jovem sem autorização dos pais, em Roraima. Amazônia Real. Disponível em: https://amazoniareal.com.br/coronavirus-povo-yanomami-ira-questionar-na-justica-enterro-de-jovem-sem-autorizacao-dos-pais-em-roraima/. Acesso em: 16 de maio de 2020.

FAUSTO, Carlos. 2001. Inimigos fiéis: história, guerra e xamanismo na Amazônia. São Paulo: Edusp.

FONSECA, A., SALOMÃO, R., RIBEIRO, J., & SOUZA Jr., C. 2020. Ameaça e Pressão e Desmatamento em Áreas Protegidas: SAD de Novembro de 2019 a Janeiro de 2020 (p. 2). Belém: Imazon.

RAMOS, Alcida. 1990. Terra e sobrevivência cultural Yanomami. Comissão pela Criação do Parque Yanomami (CCPY), São Paulo.

RAMOS, Alcida. 1993. O papel político das epidemias: o caso Yanomai. Série Antropologia, 153. Brasília: Departamento de Antropologia/UnB.

Rede de Cooperação Amazônica. 2019. Protocolo de consulta dos povos Yanomami e Ye'kwana. Disponível em: https://rca.org.br/wp-content/uploads/2019/09/PROTOCOLO-Yanomami-capa-e-MIOLO-final-min.pdf. Acesso em: 15 de maio de 2020.

RUBIO, Javier Carrera. 2004. The fertility of words: Aspects of language and sociality among Yanomami people of Venezuela. Ph.D. thesis, University of St. Andrews.

Publicado
2020-07-27
Como Citar
Sousa, M. (2020). De xawara, estratégias nativas e a pesquisa antropológica na Terra Indígena Yanomami. Cadernos De Campo (São Paulo 1991), 29(supl), 34-41. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v29isuplp34-41
Seção
Artigos e Ensaios