Françoise Héritier & Pierre Bourdieu: a construção hierárquica da diferença masculino/feminino

  • Debora Breder Universidade Federal Fluminense
Palavras-chave: Corpo, Sexo, Gênero, Françoise Héritier, Pierre Bourdieu

Resumo

Em fins dos anos 1990 Françoise Héritier e Pierre Bourdieu lançariam, com um intervalo de apenas dois anos, Masculin/Feminin, la pensée de la diférence (1996) e La domination masculine (1998), respectivamente. Versando sobre a construção hierárquica da diferença masculino/feminino, ambos os livros apresentam uma perspectiva, se não cética, ao menos pouco otimista em relação aos discursos, anunciando possíveis deslocamentos ou mesmo o apagamento da “diferença”. Mais do que apontar os significativos afastamentos entre esses autores no que tange à questão, este artigo propõe uma reflexão sobre os pontos nos quais suas perspectivas convergem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Debora Breder, Universidade Federal Fluminense

Doutora em Antropologia Social / UFF

Professora da Universidade Cândido Mendes

Publicado
2010-03-30
Como Citar
Breder, D. (2010). Françoise Héritier & Pierre Bourdieu: a construção hierárquica da diferença masculino/feminino. Cadernos De Campo (São Paulo 1991), 19(19), 35-45. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v19i19p35-45
Seção
Artigos e Ensaios