O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo submetido não possui identificação autoral e as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
  • Foram fornecidas todas as informações solicitadas nos "Metadados da submissão".
  • Todas as URLs para as referências foram informadas com os seus respectivos hiperlinks, quando possível.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, aqui nesta página.
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • O autor detém autorização para a reprodução de material inédito ou com direito autoral reservado, assumindo a responsabilidade para responder pelos direitos de reprodução.
  • Tenho consciência de que meu manuscrito será arquivado se não atender a todas as condições anteriores.

Diretrizes para Autores

A Revista Crioula publica apenas material inédito e original, repudiando quaisquer formas de plágio ou autoplágio. Serão aceitos artigos de mestres, doutores e de alunos matriculados em Programas de Pós-Graduação stricto sensu, do Brasil e do exterior.

A Revista Crioula é composta pelas seguintes seções:

- Artigos e Ensaios:

a) Dossiê: Conjunto de textos que atendam ao perfil da revista e que contemplem o estudo comparativo. Caberá exclusivamente à editoria definir o tema de cada dossiê, bem como selecionar os respectivos artigos no conjunto de textos recebidos para este fim;

b) Outros textos: Artigos e ensaios que não tratam necessariamente do estudo comparativo, mas que desenvolvam temas correlatos de relevância aos estudos comparados. Caberá exclusivamente à editoria selecionar os respectivos artigos no conjunto de textos recebidos para este fim.

- Resenhas: As resenhas devem ser elaboradas exclusivamente por alunos de pós-graduação da ECLLP-DLCV-USP ou programas de pós-graduação correlatos em outras universidades do Brasil e/ou do exterior e serão publicadas:

a) Conforme solicitação da Editoria, com indicação de títulos pertinentes ao público-leitor da revista;

b) Por indicação dos alunos, sugerindo os títulos, que serão analisados e aprovados pela Editoria.

Parágrafo Único. O processo de elaboração das resenhas será acompanhado pela respectiva Comissão Editorial (Comissão de Resenhas).

- Entrevistas: As entrevistas serão elaboradas exclusivamente por alunos de pós-graduação da Área (ECLLP-DLCV-USP). Os entrevistados serão escritores, professores e outras personalidades de relevância para o público-leitor da Revista Crioula e serão publicadas:

a) Conforme solicitação da Editoria, com indicação dos entrevistados e entrevistadores;

b) Por indicação dos alunos de pós-graduação da Área (ECLLP-DLCV-USP), sugerindo possíveis entrevistados.

Parágrafo Único. O processo de organização, realização, transcrição e revisão das entrevistas é de responsabilidade dos integrantes da respectiva Comissão Editorial (Comissão de Entrevistas).

- Criação: espaço para publicação de contos, crônicas e poesias de autoria de alunos de pós-graduação da Área (ECLLP-DLCV-USP) ou dos programas de pós-graduação correlatos em outras universidades do Brasil e/ou do exterior.

- Diário acadêmico: Relatos que sirvam como troca de experiências acadêmicas como, por exemplo: intercâmbio com outras universidades, bolsa sanduíche, experiência de defesas de qualificação, dissertação e tese, e outros assuntos aprovados pela Editoria.

- Artigo Mestre: artigo ou ensaio de docentes e/ou pesquisadores da Área (ECLLP-DLCV-USP) ou dos programas de pós-graduação correlatos em outras universidades do Brasil e/ou do exterior, relevantes para o público-leitor da Revista Crioula. Serão publicados:

a) Conforme solicitação da Editoria, com indicação dos autores;

b) Por indicação dos alunos de pós-graduação da Área (ECLLP-DLCV-USP), sugerindo possíveis docentes/pesquisadores.

 

Advertências

 - São de absoluta responsabilidade dos autores os conceitos e opiniões emitidos, bem como a indicação de autoria de fontes bibliográficas, iconográficas, tabelas e/ou gráficos. Devem ser utilizados hiperlinks para fontes da web.

- O envio de artigos por seus autores pressupõe a cessão dos direitos de publicação à Revista Crioula

- A Revista Crioula será divulgada on-line em endereço eletrônico próprio mantido pelo servidor da USP-FFLCH.

- A Revista Crioula terá todas as suas edições disponíveis exclusivamente em meio eletrônico e on-line.

 - A Revista Crioula não cobra taxas de publicação de seus colaboradores.

- Textos em desacordo com a política, escopo e normas de publicação da Revista Crioula serão sumariamente rejeitados.

 

Normas para publicação

Margens:

Superior: 2 cm / Inferior: 2 cm / Esquerda: 3 cm / Direita: 3 cm.

Fonte:

Times New Roman, corpo 12, espaço entre linhas de 1,5, com adentramento de parágrafo de 1,25 cm. Texto das notas: corpo 10, espaço simples, sem adentramento de parágrafo.

Citações:

1. As citações com menos de 3 linhas aparecem dentro do texto corrido, entre aspas. Todas as referências das citações ou menções a outros textos, (tanto nas incluídas no corpo do texto, como as que devem aparecer em destaque) deverão ser indicadas, após a citação, com as seguintes informações, entre parênteses: sobrenome do autor em caixa alta, vírgula, ano da publicação, abreviatura de página e o número desta.

Exemplo:

.... e projetam-se em travessias na qual homem e história, bem como poeta e História condensam-se, já que “o paradoxo do Instante é o nunca ter principiado e não poder ter fim” (LOURENÇO, 1974, p. 39); diante de tal posicionamento....

Caso a citação do mesmo autor e obra se repita, omitir o ano de publicação.

2. As citações de mais de 3 linhas vêm destacadas do texto, recolhidas à direita, com entrada duas vezes maior que a do parágrafo (portanto 4 cm). A citação deve ser alinhada na margem direita do texto principal, na mesma fonte, mas tamanho 11, espaço entre linhas simples. Também deverão ser indicadas após a citação as informações entre parênteses, conforme exemplo do subitem anterior.

3. Evitar a utilização de idem ou ibidem e Cf. Utilizar as notas de rodapé explicativas apenas para o estritamente necessário. Quando for utilizado o apud, colocar as mesmas informações solicitadas anteriormente para o autor do texto de onde a citação foi retirada.

Exemplo: (SILVA, 2003, p. 1-10 apud SOUZA, 1998, p. 23).

4. Colocar somente as obras utilizadas nas Referências Bibliográficas.

 

Normas específicas para artigos e ensaios:

  1. Tamanho: entre 15.000 e 40.000 caracteres (com espaço).
  2. Título e subtítulo: na primeira linha, centralizados, negrito, fonte Times New Roman, corpo 12, somente primeira letra em maiúscula em ambos.
  3. Título e subtítulo em inglês: na primeira linha, centralizados, negrito, fonte Times New Roman, corpo 12, somente primeira letra em maiúscula em ambos.
  4. Nome do autor: duas linhas abaixo do título, alinhado à direita, seguido de nota de rodapé, indicando se mestrando ou doutorando, título da pesquisa. Devem ser excluídos os nomes dos autores, substituindo com "Autor", conforme as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega.
  5. RESUMO / ABSTRACT (português e inglês): Dar espaço de três linhas abaixo do nome do autor. Colocar a palavra RESUMO em caixa alta, seguida de dois pontos. Redigir o texto (em português) em parágrafo único, espaço simples, justificado, de no máximo 5 linhas. Expressar na primeira frase o assunto tratado e utilizar uma linguagem imparcial e objetiva.  Fonte: Times New Roman, corpo 10, para todo o resumo. Inserir uma linha e fazer o ABSTRACT com as mesmas configurações.
  6. PALAVRAS-CHAVE / KEYWORDS (português e inglês): Dar espaço de duas linhas abaixo do ABSTRACT, de três a cinco palavras. Colocar o título "PALAVRAS-CHAVE" em caixa alta. Cada palavra-chave com primeira letra maiúscula e o restante em caixa baixa, separada das demais por ponto-e-vírgula. As palavras em inglês devem ser dispostas na linha imediatamente abaixo, antecedidas pelo título “KEYWORDS”.
  7. Referências bibliográficas: deverão aparecer completas no final do artigo em ordem alfabética de sobrenome do autor, atendendo-se aos padrões da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), cujos pontos básicos estão especificados a seguir:

I. Livros: autor(es), sobrenome em caixa alta (maiúscula); título (em Itálico); número da edição (a partir da segunda); local de publicação; editora; data.

Ex.: CANDIDO, Antonio. Vários escritos. 3. ed. São Paulo: Duas Cidades, 1995.

II. Artigos citados de livros: Autor do artigo; título do artigo (em redondo, sem grifo); autor da Publicação, quando diferente do nome do autor do artigo, antecedido pela palavra "In". Na falta do autor deve constar o organizador ou coordenador da publicação seguido da abreviatura entre parênteses (org. ou orgs.; coord. ou coords.). Na falta de qualquer dos créditos anteriores, deve constar o nome do editor da publicação seguido da abreviatura ed. (ou eds.); número da edição (a partir da  segunda); local da publicação; editora; ano da publicação; página(s) com a abreviatura p., (nunca pp.).

Exemplos. (observe-se a pontuação e os grifos):

  1. CANDIDO, Antonio. O direito à literatura. In: Vários escritos. 3. ed. São Paulo: Duas Cidades, 1995, p. 235-263.
  2. CARVALHO, Ruy Duarte de. Tradições Orais, experiência poética e dados de existência. In: PADILHA, Laura (org.). Repensando a africanidade. Niterói: Imprensa Universitária da UFF, 1995, p. 69-76.
  3. BAKHTIN, Mikhail. Discourse in the novel. In HOLQUIST, Michael (ed.). The dialogic imagination: four essays by M. Bakhtin. Trad. Caryl Emerson e Michael Houquist. Sustin: University of Texas Press, 1991, p. 125-237.

III. Artigos de periódicos: Autor(es) do artigo; título do artigo; título do periódico, antecedido pela palavra "In"; local da publicação; editora; número do volume; número do fascículo entre parênteses; página(s); mês e ano da publicação — para o mês, quando houver indicação na referência, sempre abreviado (jan., fev., mar., abr., maio, jun., jul., ago., set., out., nov. ou dez.).

Exemplo:
COSTA, Fernando Marques. Sobre um possível Jaime Batalha Reis. In.: Revista da Biblioteca Nacional, Lisboa: 3 (1-2): 129-51, ago. 1983.

IV. Citação de documentos eletrônicos: favor consultar as formas de citação no site do Scielo: www.scielo.br, basta abrir um artigo e acessar o ícone “Como citar este artigo”. Ou vide a seguir:

Exemplo de citação para livro considerado em parte e divulgado em meio eletrônico:

ALVES, Castro. Navio Negreiro. [s.l.] Virtual Books, 2000. Disponível em: http//www.terra.com.br/vitualbooks/freebook/port.htm. Acesso em: 30 jun. 2009.

Exemplo de citação para artigo de revista divulgado em meio eletrônico:

SILVA, J. J. Literatura e cidade. Revista Crioula, São Paulo, nov. 2008. Seção Artigos & Ensaios. Disponível em: http//www.revistacrioula.usp.br/literaturaecidade.htm. Acesso em: 30 dez. 2008.

 

Normas específicas para entrevistas:

1. Tamanho: máximo de 40.000 caracteres (com espaço).
2. As entrevistas devem seguir rígidas normas de transcrição, como se observa em http://www.oneesp.ufscar.br/texto_orientacao_transcricao_entrevista ou em PRETI, D. (org). O discurso oral culto. 2ª ed. São Paulo: Humanitas Publicações – FFLCH/USP, 1999 – (Projetos Paralelos. v. 2) 224 p. As entrevistas não podem ser manipuladas textualmente, a fim de se obter uma “perfeição narrativa” do discurso oral. Diferente de entrevistas publicadas em revistas temáticas não científicas, as entrevistas acadêmicas devem ser minuciosamente reproduzidas sob as formas e normas técnicas e metodológica indicadas.
3. As entrevistas devem possuir um TÍTULO, sempre seguido, como SUBTÍTULO, da expressão entrevista com (Nome do entrevistado), justificados, em caixa alta, fonte Times New Roman, 12, negrito.
4. Uma linha abaixo deve ser colocada a palavra ENTREVISTADOR, alinhada à direita, fonte Times New Roman, 12. A entrevista deve conter RESUMO e PALAVRAS-CHAVE, seguindo as mesmas diretrizes de apresentação de artigos, com traduções de título, resumo e palavras-chave para a Língua Portuguesa, quando a entrevista for dada em língua diferente, e Língua Inglesa.
5. Após o resumo deve constar breve apresentação do entrevistado e as circunstâncias da entrevista, seguindo as mesmas diretrizes de apresentação de artigos.

 

Normas específicas para resenhas:

1. Tamanho: máximo de 15.000 caracteres (com espaço).
2. As resenhas de livros não possuem título específico e sua apresentação se dá pelo título do livro resenhado, alinhado à esquerda, em caixa alta, fonte Times New Roman, 12, negrito, seguido pela palavra resenha, entre parêntesis.
3. Uma linha abaixo do título do livro deve constar a referência bibliográfica completa do livro resenhado, em parágrafo justificado, fonte Times New Roman, 12.
4. Uma linha abaixo deve ser colocada a palavra AUTOR, alinha à direita, fonte Times New Roman, 12.
5. O texto da resenha deve seguir as mesmas diretrizes para a apresentação de artigos.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.