Práticas pedagógicas num Território Educativo de Intervenção Prioritária

  • Fernanda Bastos Universidade Portucalense Infante D. Henrique
  • Cristina Costa-Lobo Universidade Portucalense Infante D. Henrique
  • Carla Santos Pereira Universidade Portucalense Infante D. Henrique
Palavras-chave: Dinâmicas de trabalho cooperativo, Currículo, Satisfação dos docentes, Territórios Educativos de Intervenção Prioritária

Resumo

Este estudo segue a linha teórica de diversos autores, entre eles, Abelha, Machado e Costa Lobo (2014), Roldão (1999a, 1999b, 2007a), Hargreaves (1998) e Alarcão (2003), e cumpre o propósito de estudar o trabalho colaborativo entre os docentes do Agrupamento de Escolas D. Pedro I, no norte de Portugal. Esse Agrupamento, no qual uma das autoras deste trabalho exerce funções docentes, faz parte dos Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP). Utilizamos um design metodológico do tipo quantitativo, que permitiu estudar as diferentes opiniões dos professores pertencentes ao contexto educativo em estudo, acerca das suas representações sobre as dinâmicas de trabalho colaborativo e das suas concepções sobre conceitos como currículo, gestão curricular, desenvolvimento curricular e projeto educativo. As informações recolhidas foram submetidas a análises estatísticas, com o apoio da ferramenta informática de cálculo Statistical Package for the Social Sciencies (SPSS), versão 22. Perante os resultados obtidos, somos então confrontados com o alcance do objetivo inicial deste estudo, isto é, a compreensão da apropriação dos respondentes relativamente aos conceitos já elencados, bem como a compreensão da gestão que fazem do currículo, a caracterização das dinâmicas de trabalho e a avaliação das alterações manifestas quanto à satisfação dos docentes com a dinâmica de trabalho, mediante as características pessoais e profissionais dos inquiridos. Em suma, este Agrupamento pode ser considerado um exemplo de boas práticas colaborativas, com uma gestão eficaz e uma liderança que apoia, incentiva e motiva os seus docentes. Esta investigação deixa em aberto potenciais cenários futuros de investigação e intervenção no domínio da escola reflexiva, privilegiando as culturas escolares de referência.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-01-01
Como Citar
Bastos, F., Costa-Lobo, C., & Pereira, C. (2018). Práticas pedagógicas num Território Educativo de Intervenção Prioritária. Educação E Pesquisa, 44, e158555. https://doi.org/10.1590/s1678-4634201706158555
Seção
Artigos