Como se constitui o discurso de professores iniciantes em sala de aula

  • Anderson Cezar Lobato Universidade Federal de Minas Gerais
  • Ana Luiza de Quadros Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Formação de professores, Imersão na docência, Discurso em sala de aula, Ciências/química

Resumo

Embora a escola esteja inserida em um contexto social dinâmico e envolto em tecnologias, muitos professores de ciências e de química da educação básica continuam seguindo o modelo de transmissão/recepção de informações. Com a intenção de analisar mudanças no discurso e no entendimento sobre o papel do professor em sala de aula, a partir da vivência em projeto de imersão na docência centrado no planejamento e desenvolvimento de aulas temáticas e na avaliação compartilhada das próprias aulas, desenvolvemos este trabalho. Para isso, analisamos as aulas de dois professores em formação inseridos nesse projeto. Usamos a filmagem das aulas e uma entrevista semiestruturada como instrumentos de coleta de dados. A análise se deu, principalmente, por meio do discurso usado pelos professores e pela capacidade de envolver os estudantes na dinâmica das aulas. Percebemos que o envolvimento com aulas temáticas foi importante para esses professores. Em adição, a avaliação compartilhada das aulas se mostrou fundamental para melhorar o entendimento sobre o papel do professor. Os dados encontrados nos levam a acreditar que essa melhora irá se refletir na prática, quando esses professores assumirem a docência.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-01-01
Como Citar
Lobato, A., & Quadros, A. (2018). Como se constitui o discurso de professores iniciantes em sala de aula. Educação E Pesquisa, 44, e162258. https://doi.org/10.1590/s1678-4634201709162258
Seção
Artigos