“Quem ensina também aprende” : a formação pela prática de professores primários na província do Paraná

  • Franciele Ferreira França Universidade Federal do Paraná
  • Gizele de Souza Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Formação docente, Profissão docente, Século XIX, Província do Paraná

Resumo

Segundo a historiografia da educação brasileira, muitas foram as ações relacionadas aos modos de formar professores primários durante o período imperial. Desses estudos, a maioria se centra na formação de professores atrelada à instituição das escolas normais, entretanto, há uma parcela menor de trabalhos que se propõem a discutir outro aspecto da formação de professores ao longo do século XIX, mais especificamente, a forma como sujeitos que não frequentaram esse espaço institucional (a escola normal), constituíram-se docentes primários. O artigo que aqui se apresenta partilha dessa perspectiva, e volta o olhar para os modos de formação pela prática de professores primários no Paraná na segunda metade do século XIX, por compreender que esse tipo de formação marcou um período em que a instrução pública estava se consolidando em meio a ações, deliberações, dificuldades e tensões, na tentativa de melhorias de sua condição. A pesquisa valeu-se da consulta da legislação educacional do período e de documentos advindos dos sujeitos envolvidos com a instrução pública, naquele momento, disponíveis no acervo do Arquivo Público do Paraná. No cotejamento e análise das fontes, é possível afirmar, que a formação pela prática dos professores primários na província do Paraná se deu no decorrer do desenvolvimento do processo de constituição do magistério primário.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-01-01
Como Citar
França, F., & Souza, G. (2018). “Quem ensina também aprende” : a formação pela prática de professores primários na província do Paraná. Educação E Pesquisa, 44, e164704. https://doi.org/10.1590/s1678-4634201708164704
Seção
Artigos