Banco de dados em pesquisa qualitativa: uma análise a partir da revista O Pequeno Luterano

  • Patrícia Weiduschadt Universidade Federal de Pelotas
  • Beatriz Teresinha Daudt Fischer Universidade do Vale dos Sinos
Palavras-chave: História da educação, Impressos, Banco de dados

Resumo

O artigo aborda aspectos operacionais do estudo realizado a partir revista O Pequeno Luterano, impresso dirigido a alunos, professores e pastores das escolas paroquiais no contexto da instituição Sínodo de Missouri (1930-1960). Fundamentando-se em referenciais derivados de Chartier e Certeau, a pesquisa envolveu estratégias de edição, produção e circulação. Aqui, especial ênfase é dada à modalidade de análise escolhida, em especial à categorização do conjunto documental através de um banco de dados adaptado do software denominado e-book. Por meio desse programa pôde-se agrupar os dados em áreas temáticas de acordo com conteúdos ressaltados no impresso, a saber: lúdicos, religiosos e doutrinários; conhecimento secular e de cunho religioso; relação redação-leitores; ilustrativos e publicitários. Assim, a análise mostrou que a revista preocupou-se, especialmente, com a religiosidade doutrinária na educação das crianças e, ainda, buscou ser legitimada no espaço escolar através da interlocução com os leitores e nas atividades de conhecimento geral e lúdico que complementavam a formação educacional infantil. As recorrências qualitativas puderam ser percebidas e reafirmadas nas estratégias editoriais, em inúmeros textos abordados com conteúdos religiosos e de formação moral, ao passo que as táticas dos leitores estão manifestas nos conteúdos pouco visíveis na revista, ressaltados pelo descontentamento dos leitores e pelo apelo do editorial ao público infantil a modos específicos de usos e práticas de leitura. Tal ferramenta permitiu verificar objetivamente as recorrências e analisá-las sob rigor epistemológico, potencializando a riqueza do estudo e oportunizando significativa visibilidade à dimensão quali-quantitava dos dados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-01-01
Como Citar
Weiduschadt, P., & Fischer, B. (2018). Banco de dados em pesquisa qualitativa: uma análise a partir da revista O Pequeno Luterano. Educação E Pesquisa, 44, e171010. https://doi.org/10.1590/s1678-4634201844171010
Seção
Artigos