Políticas para avaliação da qualidade do Ensino Superior no Brasil: um balanço crítico

  • Carmen Lúcia Dias Universidade Estadual Paulista
  • Maria de Lourdes Morales Horiguela Universidade Estadual Paulista
  • Paulo Sergio Marchelli Universidade São Marcos
Palavras-chave: Ensino Superior, Políticas de avaliação, Indicadores de qualidade

Resumo

Este trabalho tem como objetivo contribuir para o debate sobre a avaliação do Ensino Superior no Brasil, apresentando um estudo a respeito dos sistemas utilizados para as medidas de qualidade e produtividade. Busca-se analisar, por meio da revisão bibliográfica e da análise documental, as origens do processo de avaliação, a seqüência histórica dos debates políticos que definiram os programas de trabalho na área, as concepções metodológicas adotadas por esses programas, os instrumentos de mensuração e acompanhamento que foram desenvolvidos e os sistemas de indicadores criados para aferir a qualidade de ensino nas instituições, bem como o desempenho dos estudantes. A discussão contempla todos os sistemas de avaliação praticados no Brasil até o ano de 2005 e conclui que, desde os primeiros procedimentos estabelecidos, houve uma evolução contínua na definição de indicadores mais precisos e eficientes. Os resultados alcançados pela pesquisa que fundamenta o trabalho aplicam-se explicitamente à revisão dos instrumentos de avaliação praticados no Brasil. O trabalho sugere indicadores ainda não utilizados no processo histórico de avaliação, buscando o aperfeiçoamento do sistema atual.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-12-01
Como Citar
Dias, C., Horiguela, M., & Marchelli, P. (2006). Políticas para avaliação da qualidade do Ensino Superior no Brasil: um balanço crítico . Educação E Pesquisa, 32(3), 435-464. https://doi.org/10.1590/S1517-97022006000300002
Seção
Artigos