Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Uma questão inconveniente: a ideia de progresso como conceito fundador e estruturante da cientificidade da história da arte.

Danielle Rodrigues Amaro

Resumo


A partir do problema levantado pelo historiador da arte Alberto Cipinuk sobre o que observa como uma indefinição acerca da compreensão e, por consequência, da abordagem do fenômeno artístico no contexto acadêmico brasileiro, pretende-se debater os conflitos existentes na história da arte entre as perspectivas internalista e externalista, estética e histórica. Como consequência do tema abordado e de forma a desenvolver parte dessas questões, trazemos para o centro do debate a tese defendida pela historiadora Olga Hazan a respeito do papel estruturante da ideia de progresso para a história da arte.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/khronos.v0i4.131475

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.