Um estudo do termo fiscal na terminologia da Economia: processos de formação e informações conceituais

Formation Processes and Conceptual Informations

Palavras-chave: terminologia, Morfologia, Economia, processos de formação de termos, fiscal

Resumo

Neste trabalho, temos por objetivo analisar as ocorrências do termo fiscal em um corpus da terminologia da Economia, com o intuito de verificar os padrões de formação mais recorrentes constituídos por esse adjetivo, as informações semânticas veiculadas pelos termos sintagmáticos de que ele faz parte, bem como uma possível relação entre os termos próprios do domínio da Economia com outras áreas de conhecimento, principalmente pelo emprego de metáforas conceituais. Para tanto, pautamo-nos nos pressupostos da Morfologia de especialidade e da Terminologia. A metodologia seguida consistiu em duas fases: uma análise quantitativa por meio da seleção das lexias com utilização do programa Wordsmith Tools e uma análise quantitativa dos termos selecionados, na qual verificamos o processo de formação e o “que quer dizer” cada uma dessas construções. Como resultados, esperamos que este estudo contribua para uma melhor caracterização e conhecimento de como se constitui a terminologia da Economia, uma vez que fiscalé um dos termos de maior ocorrência nessa área de especialidade, estando vinculado a diversas outras lexias e participando de distintos padrões de formação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-24
Como Citar
Costa, L., & Alves, I. (2020). Um estudo do termo fiscal na terminologia da Economia: processos de formação e informações conceituais. Linha D’Água, 33(1), 9-29. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v33i1p9-29
Seção
Artigos originais

Dados de financiamento