A arte de escrever cartas e sua aplicação nas práticas escolares

  • Maria Lúcia da Cunha Victorio de Oliveira Andrade Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo

Resumo

A partir de algumas cartas selecionadas da correspondência pessoal de Machado de Assis, organizada por SÉrgio Paulo Rouanet (2008), buscamos identificar e analisar
as estratégias de envolvimento ou distanciamento presentes em quinze cartas, visando a caracterizar as Tradições Discursivas (TD), no que diz respeito à constituição do gênero epistolar (carta pessoal), que constituem o sistema discursivo das pràticas sociais do século XIX.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Lúcia da Cunha Victorio de Oliveira Andrade, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo
Professora da èrea de Filologia e Língua Portuguesa, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo
Publicado
2010-09-27
Como Citar
Andrade, M. L. da. (2010). A arte de escrever cartas e sua aplicação nas práticas escolares. Linha D’Água, (spe), 97-117. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v0ispep97-117
Seção
Artigos originais