[1]
C. Picciolini e A. Finguerut, ““(Para enfrentar o extremismo político) as pessoas precisam ser espertas, notar a propaganda e enxergar os problemas para além destas dicotomias e manipulações fáceis&quot”;, Malala, vol. 6, nº 9, p. 9-16, jul. 2018.