A filosofia da história de Duhem: natureza e função

  • José Raymundo Novaes Chiappin Universidade de São Paulo; Departamento de Economia
  • Carolina Leister Fundação Getúlio Vargas; Escola de Economia de São Paulo
Palavras-chave: filosofia da história, princípio da continuidade, justificação

Resumo

Este artigo é construído no intuito de cumprir dois objetivos: o primeiro deles é discutir a natureza da filosofia da história de Duhem como empirista, anticonvencionalista e, principalmente, continuísta; o segundo é mostrar que uma das funções dessa filosofia da história é a de justificar princípios epistemológicos, como o princípio que afirma que a concepção da ciência é um tertius entre dogmatismo e ceticismo. Segue-se, desses dois objetivos, a naturalização da epistemologia em Duhem.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-12-31
Seção
Artigos