RESISTÊNCIA, CONFLITOS E COSTUMES NA BAHIA ESCRAVISTA SOB O OLHAR DA HISTORIA SOCIAL

Autores

  • Valéria Amin Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, Ilhéus, BA
  • Lismar Lucas Santos dos Reis Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, Ilhéus, BA

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1983-6023.sank.2019.169150

Palavras-chave:

Sul da Bahia, Salvador, Resistência escrava

Resumo

Objetiva-se discutir questões relacionadas ao negro e seus processos de resistência na Bahia do Século XIX, apresentadas sob a ótica da recente historiografia brasileira, uma vez que a escravidão marcou expressivamente os contornos da sociedade colonial e é refletida hoje de inúmeras maneiras por meio das relações raciais, desigualdades sociais e culturais. Com isso pretende-se refletir sobre aspectos do cotidiano da população escravizada, sua capacidade de negociar, de se mobilizar e de se expressar segundo seus valores religiosos e culturais. Utilizando-se de fragmentos de algumas obras de historiadores como Stuart Schwartz, João Reis, entre outros, buscou- se descrever algumas características fundamentais que são perceptíveis sob a ótica da história vista “de baixo” ao analisar, em específico, os desdobramentos históricos de duas regiões: o Sul da Bahia e Salvador, apontando uma perspectiva de compreensão mais ampla da história do Brasil em resposta às consequências teóricas e sistêmicas trazidas pela escravidão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valéria Amin, Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, Ilhéus, BA

Doutora em Cultura e Sociedade pela Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia - UFBA, Salvador, BA. Professora titular do Curso de Comunicação Social no Departamento de Letras e Artes - DLA da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, Ilhéus, BA. Pesquisadora do Núcleo de Estudos Afro-Baianos Regionais – KÀWÉ/NEABs da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC e coordenadora do projeto de pesquisa "A tradição Ijexá no Sul da Bahia".

Lismar Lucas Santos dos Reis, Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, Ilhéus, BA

Graduando em História (Licenciatura) pela Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, Ilhéus, BA. Bolsista de Iniciação Científica no projeto de pesquisa "As interfaces entre as práticas religiosas e as manifestações culturais: os quilombos de Itacaré, BA" (2017-2018) no Núcleo de Estudos Afro-Baianos Regionais – KÀWÉ/NEABs, orientado pela professora doutora Valéria Amim.

Downloads

Publicado

2019-08-08

Como Citar

Amin, V., & Reis, L. L. S. dos. (2019). RESISTÊNCIA, CONFLITOS E COSTUMES NA BAHIA ESCRAVISTA SOB O OLHAR DA HISTORIA SOCIAL. Sankofa (São Paulo), 12(23), 104-120. https://doi.org/10.11606/issn.1983-6023.sank.2019.169150

Edição

Seção

Artigos