Dossiê "Comunicação das periferias"

2020-08-20

A revista Alterjor é uma publicação semestral do Grupo de Pesquisas Alterjor (ECA/USP), que tem como foco o jornalismo popular e alternativo. Essa chamada convida pesquisadora(e)s e comunicadora(e)s a apresentar textos e relatos de experiência para o dossiê da edição de janeiro de 2021, sob a organização da profa. dra. Mara Rovida (PPGCC-Uniso) e do Prof. dr. Edgard Patrício (PPGCOM-UFC). A temática do dossiê é Comunicação das periferias. O prazo de submissão é até 3 de novembro de 2020.

A efervescência da produção comunicacional nos territórios periféricos em diversas localidades do Brasil tem chamado a atenção de pesquisadora(e)s da área. De certa forma, isso se deve ao incremento de iniciativas de comunicação desenvolvidas por sujeitos, individuais e coletivos, que buscam criar espaços de produção narrativa pautados por perspectivas engajadas com a multiplicidade de sociabilidades existentes nos territórios não centrais.

Paralelamente ao surgimento de novas iniciativas, também é notável a persistência e o amadurecimento de alguns coletivos que já contam alguns anos de atuação. Esses processos parecem se respaldar, em alguma medida, na profissionalização da(o)s idealizadora(e)s e membros desses grupos que possuem tanto a formação acadêmica quanto a experiência prática constituída nos territórios. Algumas das problemáticas mais recorrentemente observadas nesse cenário dizem respeito às condições de trabalho dessa(e)s comunicadora(e)s, à sustentabilidade financeira dessas iniciativas e ao alcance dessa comunicação entre os públicos das próprias periferias.

Com o objetivo de reunir estudos, finalizados ou em desenvolvimento, sobre as várias possibilidades da comunicação das periferias, é apresentada essa chamada de artigos para compor o dossiê Comunicação das periferias da revista Alterjor (http://www.revistas.usp.br/alterjor/index). Além dos artigos científicos com resultados de trabalhos acadêmicos e resenhas de livros sobre a temática, são bem-vindos relatos de experiência de comunicadora(e)s engajada(o)s nessas produções. Dessa forma, espera-se criar um espaço colaborativo de conhecimento sobre esse fenômeno comunicacional contemporâneo.

Como sugestões (não exaustivas) de temáticas alcançadas pelo escopo dessa chamada, propõem-se…

 

 - A dimensão conceitual da comunicação das periferias;

- A relação entre o jornalismo das periferias e a mídia corporativa;

- A governança das iniciativas de comunicação das periferias;

- A relação entre a comunicação das periferias e seu território de atuação;

- Redes de iniciativas de comunicação das periferias;

- Sustentabilidade financeira das iniciativas de comunicação das periferias;

- A articulação entre a comunicação das periferias e os movimentos sociais;

- A credibilidade das iniciativas de jornalismo das periferias;

- A qualidade da produção da comunicação das periferias;

- O engajamento das populações das periferias à produção da comunicação das periferias;

- A inserção tecnológica na comunicação das periferias;

- A regionalidade como fator de produção do jornalismo das periferias;

- O diálogo social solidário vinculado à comunicação das periferias;

- Os processos de distribuição da comunicação das periferias;

- As condições de produção das iniciativas de comunicação das periferias;

- A pluralidade e o interesse público no jornalismo das periferias;

- As relações de trabalho nas iniciativas de comunicação das periferias;

- As estéticas da comunicação das periferias;

- As identidades profissionais do jornalismo das periferias.

 

Os artigos científicos e relatos de experiência, aceitos como submissões a esse dossiê, devem seguir às normas de publicação da Alterjor (http://www.revistas.usp.br/alterjor/normas).

 Para os artigos, aceitam-se textos com até 50 mil caracteres, já incluídos resumo, notas de rodapé e referências bibliográficas.

Para os relatos de experiência em formato de texto, aceitam-se produções de até 35 mil caracteres, devendo constar as seções RESUMO – do relato de experiência, APRESENTAÇÃO – da(s) iniciativa(s) de comunicação das periferias envolvida(s) no relato de experiência, DESCRIÇÃO – do processo/produto desenvolvido pela(s) iniciativa(s) de comunicação das periferias, APRENDIZADOS – resultantes do processo/produto desenvolvido pela(s) iniciativa(s) de comunicação das periferias, DAQUI PRA FRENTE – desdobramentos possíveis a partir do processo/produto desenvolvido pela(s) iniciativa(s) de comunicação das periferias.

Também são aceitos relatos de experiências mistos (textos e imagens, como crônicas, por exemplo) ou não-textuais (ensaios fotográficos), que podem seguir uma estrutura diferenciada (livre) dos relatos de experiência textuais.

Eventuais pedidos de esclarecimentos, sobre essa chamada, podem ser enviados para Mara Rovida (mara.rovida@prof.uniso.br) / Edgard Patrício (edgard@ufc.br).

Você pode consultar aqui a última edição da revista Alterjor (http://www.revistas.usp.br/alterjor/issue/view/11550). É obrigatório seguir as novas normas de cadastramento de dados, disponível nesse link: http://www.revistas.usp.br/alterjor/announcement/view/941